Diabetes mellitus é uma doença que interfere na maneira que seu organismo usa a glicose (açúcar). Todas as células do nosso organismo precisam de glicose para funcionar normalmente. O açúcar entra nas células através de um hormônio chamado Insulina e, se não houver Insulina suficiente, ou se o organismo parar de responder a insulina, a glicose irá subir na corrente sanguínea causando o Diabetes.
Ter um familiar próximo com diabetes ou problemas associados como Colesterol e triglicerídeos elevados, obesidade e hipertensão aumentam suas chances de 5 a 10 vezes de desenvolver diabetes também. Além disto, maus hábitos alimentares e o sedentarismo contribuem para o aparecimento da doença.
Muitos pacientes diabéticos não têm nenhum sintoma, porém os mais frequentes incluem necessidade de urinar frequentemente, sede em excesso e visão turva . Um dos grandes problemas do diabetes é desenvolver-se de forma lenta e, muitas vezes, imperceptível, aumentando o risco de suas complicações.

As mais frequentes incluem:
Doença coronária: que pode levar ao infarto do miocárdio.
Doença cérebro vascular: que leva ao AV.
Retinopatia: doença ocular que pode levar a cegueira.
Nefropatia: doença renal que pode levar a sua falência e necessidade de diálise.
Neuropatia: doença que pode levar a perda de sensibilidade dos pés e úlceras que às vezes requerem amputação.

Um bom controle do diabetes é realizado com mudanças no estilo de vida, com dieta equilibrada, controle dos açúcares e gorduras, sendo que exercícios físicos regulares são fundamentais. O paciente deverá também fazer auto exame dos pés, diariamente, para prevenção de lesões irreversíveis. Parar de fumar é muito importante.
O acompanhamento médico inclui prescrição de medicamentos, avaliação oftalmológica frequente, exames laboratoriais de rotina para controle do nível de glicose e de sua função renal.

Entre em Contato