Cada vez mais os meios de comunicação veiculam informações sobre saúde, já são bem conhecidas as formas de transmissão do vírus HIV e que existe tratamento para a AIDS. Recentemente foi publicado o resultado de uma pesquisa do Ministério da Saúde e os dados são preocupantes. Das 12 mil pessoas entre 15 e 64 anos entrevistadas, apenas 55% afirmaram utilizar camisinha em relações com parceiros casuais. Este comportamento favorece a contaminação não apenas pelo vírus da AIDS mas a outras doenças como sífilis, HPV, epatite B e gonorreia. Esses dados mostram que apenas a informação não é o suficiente para a mudança de comportamento da população. O Ministério da Saúde planeja outras ações além do incentivo ao uso de preservativo e da realização do teste para a doença, a principal deles é ampliar o acesso às medicações para prevenção. A camisinha é o principal método de proteção contra doenças sexualmente transmissíveis.

Cuide-se, a prevenção é o melhor remédio.

Entre em Contato